fbpx

Uma das coisas que fazem da Natureza e do mundo animal ainda mais fascinante, é a sua complexidade. Para quem gosta de ter plantas e animais em casa, existem cuidados que devem ser tidos em conta, para que a saúde dos patudinhos não seja colocada em risco. É que algumas plantas ornamentais são tóxicas e prejudicam a saúde dos animais de estimação. Neste artigo, trazemos-lhe algumas sugestões de plantas com as quais os animais de estimação podem conviver e dicas de segurança para não correrem perigo!

A curiosidade fez o quê ao gato?

Se há algo que é impossível de controlar, é a imensa curiosidade que move os nossos gatos e cães. Se não aconteceu consigo, com certeza que já ouviu histórias de gatos que se entretêm a brincar – ou a derrubar – plantas, entre outros elementos decorativos das casas dos seus donos. Já os cães, adoram meter o nariz onde não são chamados! Uma boa forma de contornar esta curiosidade, é optar por ter plantas mais discretas.

O feto azul, por exemplo, é uma planta purificadora, de fácil cuidado, e que pode passar despercebida aos animais, seja numa cozinha ou até numa casa de banho.

VER NA LOJA

Cão que não vê, cão que não mexe!

Outra boa tática para afastar os cães das plantas, é colocá-las num lugar onde o cão não consiga aceder. Para os donos de gatos, esta dica não é assim tão válida. Afinal, os felinos chegam até aos sítios mais improváveis! E algumas suculentas são tóxicas para gatos, como por exemplo os kalanchoe.

As suculentas são uma opção interessante, na medida em que podemos colocar os seus pequenos vasos em lugares altos e distantes do alcance dos nossos cães. Esta é ainda a opção perfeita para quem é principiante com plantas, porque não precisam de muitos cuidados, desde que se garanta uma rega eventual nas estações mais quentes. Além disso, são giríssimas e ficam bem em qualquer lado!

VER NA LOJA

Orquídeas são venenosas para gatos e cães?

Para quem quer algo mais florido mas seguro, pode dar cor à sua casa sem ter de se preocupar com a toxicidade! A Phalaenopsis, uma orquídea é a escolha perfeita: esta planta, de cuidado médio, foi classificada pela ASPCA, a Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade Contra os Animais, como não tóxica para gatos, cães e até cavalos. Estas orquídeas podem ter até 3 florações por ano sendo que podem permanecer floridas até 3 semanas!

VER NA LOJA

Opções para todos os gostos

Escolher uma planta que não prejudique a saúde dos nossos animais pode parecer difícil, mas, na Viplant, não nos faltam sugestões para si!

Para quem gosta de formas mais arredondadas, a planta chinesa do dinheiro, ou planta panqueca, é uma opção de cuidado simples, que cresce muito rápido e dá um toque contemporâneo à sua casa.

VER NA LOJA

Se é fã de palmeiras, a Chamaedorea é originária do México, mas dá-se muito bem como planta de interior. Coloque-a num local iluminado e regue-a com frequência. E saiba que, em condições ótimas, tem aqui uma planta que pode durar entre 10 a 20 anos e chegar até aos 2 metros!

VER NA LOJA

E a Calathea orbifolia é tóxica para gatos e cães? Please, digam que não!

Já é profissional no tratamento de plantas e procura uma opção de cuidado difícil e segura para os seus patudos? A Calathea orbifolia é a nossa sugestão para si! Dá tanto trabalho quanto um cão ou gato bem mimado: só gosta de luz filtrada, humidade relativa e as regas devem ser regulares, sem encharcamento. Quando chover, deixe-a “brincar à chuva”. Vai adorar o toque desta planta, é safe para o seu pet é linda na sua aparência!

VER NA LOJA

E fora de casa?

Já que aqui estamos, aproveitamos para fazer uma chamada de atenção para os passeios de fim de inverno e início de primavera, sobretudo junto de pinheiros mansos. Nesta altura, as processionárias ou lagartas do pinheiro, estão a dirigir-se das árvores para o solo, para crisalidar. O Centro de Informação Antivenenos (CIAV) tem feito um grande trabalho para controlar os efeitos nefastos desta praga para a saúde dos animais, e até dos humanos, mas devemos estar atentos à presença das lagartas do pinheiro nos passeios!

Em caso de contacto do seu animal com a lagarta do pinheiro, é importante que o leve imediatamente ao veterinário. Se avistar ninhos ou grandes concentrações de processionárias, contacte o CIAV através do 808 250 143.

Agora que conhece as nossas sugestões de plantas pet friendly para a sua casa e já sabe qual o cuidado maior a ter na rua, escolha a sua planta e torne a sua casa ainda mais florida. A família vai adorar e os patudos também! Pode sempre comprar online, porque fazemos entregas em todo o país!

Leave a Reply